Sou

Não leio o tanto que poderia ler, não me divirto o quanto eu deveria me divertir. Por mim apenas, não faço quase nada. Faço o meu melhor pelos compromissos assumidos com os outros. A vivência com o outro é que me move. Pelos compromissos que assumo com os outros é que leio mais, me divirto mais e trabalho bastante. Na convivência é que me atualizo. Não desejo ser nada por mim mesma, quero ser o melhor de mim mesma, com todos aqueles que me cercam.  Com os outros e pelos outros é que eu sou o melhor de mim.

Acho que nasci Ubuntu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.